Estudo diz que histórias em quadrinhos estão vendendo mais do que nunca

Os super-heróis estão em alta no cinema e na TV, mas também não fazem feio na mídia em que nasceram: as histórias em quadrinhos, que vivem um impressionante crescimento de vendas.

De acordo com um novo estudo da ICv2 e Comichron, as vendas totais de quadrinhos para os consumidores nos Estados Unidos e no Canadá giraram em torno de US$ 1,095 bilhão em 2018, US$ 80 milhões a mais do que em 2017 e US$ 10 milhões a mais que o recorde anterior de 2016.

O estudo levou em consideração tanto os quadrinhos vendidos em bancas e lojas especializadas quanto as versões digitais.
John Jackson Miller, da Comichron, observou que os lançamentos populares de editoras como Marvel e DC ajudaram muito no crescimento das vendas.

“Após uma breve recessão em 2017, o mercado se recuperou no ano passado”, disse Miller. “Os lançamentos populares ajudaram a consolidar o sucesso em lojas de quadrinhos, mesmo quando outras oportunidades de vendas tiveram ganhos significativos.”
O estudo também apontou que, enquanto os consumidores ainda preferem comprar seus quadrinhos em lojas físicas, as versões digitais estão ficando cada vez mais populares.

“Uma mudança histórica está ocorrendo enquanto o mercado cresce”, disse o CEO da ICv2, Milton Griepp. “Enquanto as lojas de quadrinhos ainda são o maior canal de vendas, elas representaram menos da metade do mercado de quadrinhos em 2018 pela primeira vez em pelo menos três décadas.”

O estudo não levou em consideração as vendas de quadrinhos em outros países além da América do Norte, como o Brasil.

 

Por: Victor Nascimento
Observatório do Cinema

Siga-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *